Folha de S. Paulo


Produtor terá que devolver R$ 573 mil por show cancelado de João Gilberto

Michael Weintrob/Divulgação
ORG XMIT: 503501_0.tif Música: o cantor João Gilberto no Carnegie Hall, em Nova York (EUA), em 22 de junho de 2008, em sua primeira apresentação do ano em que a bossa nova completa seu cinqüentenário. (Nova York, EUA, 22.06.2008. Foto de Michael Weintrob/Divulgação)
O cantor João Gilberto no Carnegie Hall, em Nova York, em 22 de junho de 2008

A Justiça condenou o produtor Maurício Pessoa a devolver R$ 573 mil pelo cancelamento do show do cantor João Gilberto, que deveria ter ocorrido há seis anos, no dia 21 de dezembro de 2011, no Theatro Municipal do Rio.

Na época do show, o produtor assinou um contrato com o Municipal para que o show acontecesse no dia 15 de novembro de 2011.

De acordo com o contrato, Pessoa deveria pagar o espaço pelo uso do espaço de R$ 115 mil em três parcelas. Assim, ele pediu e recebeu um adiantamento da bilheteria de R$ 202 mil. Após o recebimento, o show foi adiado e depois cancelado.

A juíza Luciana Losada julgou procedente o pedido da PGE-RJ (Procuradoria Geral do Estado do Rio de Janeiro) e condenou o produtor ao ressarcimento dos valores adiantados na quantia de R$ 211 mil, referente ao adiantamento da bilheteria e multa contratual de R$ 362 mil.


Endereço da página:

Links no texto: