Folha de S. Paulo


Carcereira é presa sob suspeita de tentar roubar US$ 40 mil de motoboy

Uma carcereira da Polícia Civil foi presa na tarde de terça-feira (30) sob suspeita de tentar roubar um motoboy de 26 anos que saía com US$ 40 mil de uma casa de câmbio na avenida Brigadeiro Faria Lima, Jardim Paulistano, zona oeste de São Paulo.

Em depoimento à polícia, o motoboy, que disse trabalhar no local, afirmou também que Clélia Aparecida Rodrigues, 48, agiu com um homem e procurava pelo dinheiro. Os dólares foram apreendidos e devolvidos ao dono da casa de câmbio, que se comprometeu a comprovar a sua origem.

Segundo o motoboy, a dupla o abordou em um veículo e simulou que ele era suspeito de roubo e tentou sequestrá-lo, quando ele reagiu e foi agredido. A vítima afirmou, ainda, que havia um terceiro homem indo em direção ao carro, mas que conseguiu escapar.

De acordo com com SSP (Secretaria de Segurança Pública), quando a Polícia Militar chegou ao local para atender a ocorrência, a vítima estava algemada a uma grade. Questionada, Clélia afirmou que passava pelo local quando ouviu alguém dizer que havia sido assaltado pelo motoboy.

Clélia, o suspeito de ajudá-la e o motoboy foram levados ao 15º DP (Itaim Bibi) para prestar depoimento. Entretanto, o suspeito detido para averiguação fugiu da delegacia antes de prestar depoimento à polícia. A mulher foi indiciada sob suspeita de tentativa de roubo e encaminhada ao presídio da Polícia Civil.

Foram apreendidas a arma, munição, algema e a funcional da carcereira. A SSP não divulgou em que unidade Célia trabalhava e disse que a Corregedoria Geral da Polícia Civil irá apurar a responsabilidade da não identificação dos outros dois possíveis cúmplices da carcereira.


Endereço da página: