Datafolha


Lula se destaca por defesa dos pobres, combate a fome e experiência, e Bolsonaro, por defesa dos ricos

Eleições -

Em uma escala de importância de 0 a 10 em que em que 0 é nada importante e 10, muito importante, os brasileiros opinaram sobre a importância de alguns requisitos para o próximo presidente. De forma geral, todos tiveram notas altas, exceto a defesa dos mais ricos, que teve nota média 3,2.

Ser preparado para cuidar da educação teve nota média 9,7, com diferença mínima sobre ser preparado para combater a fome, para cuidar da saúde, para fazer o país crescer e para combater o desemprego, com notas 9,6. Na sequência, com notas 9,5, aparecem ser preparado para combater a violência, para combater a corrupção e defender os mais pobres. O combate ao racismo e o preparo para cuidar do meio ambiente obtiveram nota média 9,4, e ser experiente, 9,3. Com notas abaixo de 9 aparecem a defesa dos valores tradicionais da família brasileira (8,8) e pensar em Deus na hora de tomar decisões (8,5), além da defesa dos mais ricos.

O ex-presidente Lula (PT), que lidera as intenções de voto para a disputa presidencial de 2022 com índices de 47% a 48%, dependendo dos adversários, é apontado como como o mais preparado para lidar com a maioria desses temas. O petista se destaca como o nome que mais defendo os pobres (65%, ante 17% de Bolsonaro), o mais preparado para combater a fome (58%, contra 19% que apontam Bolsonaro), o mais experiente (55%, ante 19% de Bolsonaro), o mais preparado para combater o desemprego (51%, ante 19% de Bolsonaro e 6% de Ciro Gomes e Sérgio Moro), o mais preparado para fazer o país crescer (47%, contra 21% de Bolsonaro, 8% de Moro e 6% de Ciro), o mais preparado para combater o racismo (47%, ante 18% de Bolsonaro), o mais preparado para cuidar da saúde (45%, ante 19% do atual presidente), o mais preparado para cuida da educação (44%, ante 19% de Bolsonaro e 8% de Ciro e Moro) e o mais preparado para cuidar do meio ambiente (43%, contra 18% que apontam Bolsonaro).

Quando o assunto é o combate à violência, o petista também é o mais mencionado pelos brasileiros (38%), porém com distância menor em relação a Bolsonaro (24%) e Moro (16%). O cenário é parecido para o combate à corrupção, tema no qual 34% veem Lula como o mais preparado, ante 22% que indicam Bolsonaro e 18%, Moro.

Questionados sobre quem mais defende os valores da família brasileira, 41% apontam Lula, e 33%, Bolsonaro. O atual presidente é visto por 34% como aquele que mais pensa em Deus na hora de tomar decisões políticas, e 30% mencionam o ex-presidente petista.

No único quesito em que lidera de forma isolada, 56% indicam Bolsonaro como o nome apresentado que mais defende os ricos, e em um patamar mais baixo aparecem Lula (12%) e Doria (11%).

Baixa a pesquisa completa


Endereço da página:

Links no texto: