Folha de S. Paulo


Com passagem pela JBS, Meirelles se torna fiador da estabilidade; aliados ressaltam perfil precavido

Painel

E ele? No fim da noite desta quarta, assessores do governo Temer já afirmavam que só Henrique Meirelles, o ministro da Fazenda, poderia evitar que o país fosse para o vinagre. O economista atuou para o grupo JBS.

Blindado Pessoas próximas ao ministro dizem considerar improvável que ele tenha deixado qualquer tipo de digital que pudesse ser explorada em delação na Lava Jato. Meirelles sempre foi reconhecido por ser organizado, metódico e precavido. Se cercou de conselheiros jurídicos por toda a carreira.

Leia a íntegra da coluna aqui.


Endereço da página:

Links no texto: