Datafolha


52% rejeitam militares em cargos no governo

Opinião Pública -

Informados de que o governo Bolsonaro tem vários militares em ministérios e cargos diversos, os brasileiros foram questionados se os integrantes das Forças Armadas deveriam ou não ter cargos no governo, e a opinião pública se dividiu: para 52%, eles não deveriam ocupar esses cargos, e 43% apoiam que eles façam parte do governo. Os demais 6% preferiram não responder.

No segmento dos homens, 51% apoiam os militares ocupando funções no governo Bolsonaro, taxa que cai para 36% entre as mulheres. O apoio à presença de militares no governo também fica acima da média entre aqueles que tem renda mensal de 5 a 10 salários (51%) e entre os mais ricos, com renda acima de 10 salários (59%) e entre os que aprovam a gestão do atual presidente (77%). Entre as mulheres, 55% reprovam a ocupação de cargos no Executivo pelos militares, índice próximo ao verificado entre os mais jovens (55%). Entre os mais pobres, esse índice fica em 57%, e entre os menos escolarizados, em 57% (com 10% sem opinião). Na parcela que hoje reprova o governo, 77% apontam que os militares não deveriam ocupar cargos na gestão Bolsonaro.

Baixa a pesquisa completa


Endereço da página:

Links no texto: