Datafolha


70% querem fim do foro privilegiado

Opinião Pública -

Informados de que autoridades brasileiras como senadores, deputados e juízes possuem foro privilegiado, ou seja, quando acusados por um crime eles só podem ser julgados por tribuanis superiores, e não por juízes de primeira instância, e expostos aos argumentos a favor e contra o foro, 70% dos brasileiros avaliam que ele deveria deixar de existir, e para 24% deveria continuar existindo. Uma parcela de 6% não opinou.

Entre os mais jovens, fica abaixo da média (61%) a opinião de que o foro privilegiado deveria deixar de existir, e sobe para 31% o percentual que defende sua continuidade. O mesmo acontece entre os menos escolarizados (67% defendem fim do foro, e 33%, que continue existindo), enquanto entre os mais escolarizados a tendência se inverte (82% pelo fim do foro, 16% pela continuidade)

Baixe esta pesquisa


Endereço da página:

Links no texto: