Datafolha


Crivella tem vantagem sobre Freixo no 2º turno da eleição no Rio de Janeiro

Eleições -

A primeira pesquisa Datafolha após o primeiro turno mostra Crivella (PRB) na liderança, com larga vantagem sobre Marcelo Freixo (PSOL). O candidato de PRB tem 44% das intenções de voto, enquanto o candidato do PSOL tem 27%. Indecisos são 10% e pretendem votar em branco ou nulo, 18%.

Crivella alcança índices mais altos entre os menos instruídos (52%), enquanto Freixo se destaca entre os mais jovens (39%), entre os mais instruídos (36%) e entre os mais ricos (43%).

Nesse levantamento realizado nos dias 05 e 06 de outubro de 2016, foram feitas 1.151 entrevistas com eleitores de todas as regiões da cidade do Rio de Janeiro, com 16 anos ou mais. A margem de erro para o total da amostra é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Crivella recebeu a maior parcela de votos dos eleitores do 1º turno de Osorio (35% ante 26% de Freixo), de Indio da Costa (33% ante 26%), de Pedro Paulo (33% ante 21%) e principalmente, de Bolsonaro (69% ante 5%). Entre os eleitores de Osorio, Pedro Paulo, Bolsonaro e Indio da Costa se observam altos índices de eleitores que pretendem votar em branco ou anular: respectivamente, 29%, 28%, 20% e 18%. Entre os eleitores de Pedro Paulo (18%) e Indio da Costa (22%) é alta também a taxa de indecisos.

Considerando-se os votos válidos, Crivella tem 62% e Freixo 38%. No resultado do primeiro turno da eleição, Crivella superou Freixo por uma diferença de dez pontos: 28% a 18%. Para calcular os votos válidos são excluídos da amostra os votos brancos, nulos e os eleitores que se declararam indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição.

Sete em cada dez eleitores cariocas (69%) informaram corretamente o número do seu candidato, 2% informaram equivocadamente, 24% declararam não saber o número e 5%, declararam não saber o número para anular o voto. A taxa de conhecimento do número do candidato é maior entre os eleitores de Crivella (72%) do que entre os de Freixo (62%).

A maioria dos eleitores (86%) declarou que já está totalmente decidida em quem irá votar no próximo dia 30. Uma parcela de 13% declarou que ainda pode mudar de opinião e 1% não respondeu. A taxa de eleitores totalmente decididos é próxima entre os eleitores de Crivella (86%) e entre os eleitores de Freixo (87%).

Dos entrevistados que declararam que ainda podem mudar de voto (13%), a minoria declarou (14%) que a possibilidade de mudança de voto é grande, 53% que é média e 33% que é pequena essa possibilidade. A taxa de eleitores que declararam ser alta a chance de mudança de voto é mais alta entre os eleitores de Crivella (19%) do que entre os de Freixo (8%).

Quanto à decisão do voto no primeiro turno, 59% declararam que se decidiram um mês antes da eleição, 9% quinze dias antes da eleição, 10% uma semana antes, 8% na véspera e 14%, no próprio dia da eleição.

Baixe esta pesquisa


Endereço da página:

Links no texto: